domingo, 17 de maio de 2009

~ 25

Inicialmente, ficamos em Manaus, mas depois vamos para a selva, andamos de jipe, de barco, a pé, acampamos em tendas, onde calha.
A paisagem é verde, verde, verde… é outro mundo, as pessoas são um bocado desconfiadas de início, mas depois aceitam-nos bem.
Os telefonemas são contados ao segundo. Temos algum tempo de satélite e aproveitamos para enviar mails e falar um pouco com os amigos e família. O primeiro mail que recebo é da Catarina, a perguntar como correram as viagens e como foi nos Açores. Conto-lhe o que se passou sem grandes pormenores, mas ela quer saber tudo. Depois manda-me outro mail com uma frase que não me sai da cabeça:
"Sabes o que eu acho? Tu não és lésbica coisa nenhuma, tens é assuntos mal resolvidos com homens!"

E eu fico a pensar nisto. Será que ela tem razão? Isto abala-me um bocado. Como é que eu posso testar a teoria dela? Tou no meio da selva com os meus colegas, não me vou envolver com ninguém da equipa.

2 comentários:

Fragmentos Intemporais disse...

Hum, adorei este espaço!
A cor, o misticismo, a envolvência que o caracteriza!

Fica um afecto, um sorriso, um pedaço de mim!

A minha outra faceta em:

EROTICAMENTE FALANDO

carpe vitam! disse...

:)
ainda bem, gostamos quando as pessoas se sentem bem por aqui...

volta sempre que te apeteça :)