segunda-feira, 23 de março de 2009

Soneto Anal

"Ora deixe-me, então... faz-se criança?
Olhe que eu grito, pela mãe chamando!"
Pois grite (então lhe digo, amarrotando
Saiote, que em baixá-lo irada cansa):

Na quente luta lhe desgrenho a trança
A anágua lhe levanto, e fumegando,
As estreitadas bimbas separando
Lhe arrimo o caralhão, que não se amansa:

Tanto a ser gíria, não gritava a bela:
Que a cada grito se escorvava a porra,
Fazendo-lhe do cu saltante pela!

— Há de pagar-me as mangações de borra,
Basta de cono, ponha o sesso à vela,
Que nele ir quero visitar Gomorra.


Manuel Maria Barbosa du Bocage

25 comentários:

Ventas e Xana disse...

:) .... belo texto... :)

bjs

QJ disse...

Olá Ventas e Xana, é um de muitos belos textos que Bocage escreveu, voltem sempre

doiSabores disse...

Bocage já sabia o que era bom...
beijos saborosos

Tana disse...

BELÍSSIMO!!

Tao perfeita descrição...e lá está, sempre actual :)

Beijos!!

QJ disse...

doisSabores, bem verdade é o que dizem, Bocage sabia-o muito bem

QJ disse...

Olá Tana,

à coisas que nunca mudam ;-)

Rei Lagarto III disse...

Esse grande poeta, sempre tão esquecido

QJ disse...

Rei Lagarto III aqui nós esforça-mo-nos por não esquecer ninguém e relembrar aqueles que estão esquecidos

Ondinhas disse...

Oh! eu não dei este poema na aula de literatura portuguesa, porquê?
Talvez porque a professorinha de literatura era freira (mesmo freira),!!

ai ai o que já se escrevia no café Nicola....

QJ disse...

Ondinhas,

ainda estou aqui com inveja do teu outro comentário sobre semana de praia....

bem, aqui tens hipótese de ler o que de picante se escrevia ;-)

mais virão

cassamia disse...

o manuel maria era um gajo inteligente e cheio de bom gosto ;)

QJ disse...

cassamia, tens toda a razão :D

Fodassepaisto disse...

Bem escolhido o texto...Parabens :)

Cão Sarnento disse...

Nos dias de hoje, o Bocage seria realizador de filmes porno e longe estaria da definição de poeta. Isso, em grande parte, devido à hipocrisia de gente (de ambos os sexos) de nariz empinado que se farta de absorver formas fálicas com as nádegas. E, no fim, dizem à boca cheia: "oh, que coisas pavorosas que esse senhor diz!" (sim, porque alguns até devem pensar que o Bocage ainda é vivo).

QJ disse...

olá Cão Sarnento,

Que o Bocage hoje seria realizador de filmes educativos, não sei, mas acho que mantendo-lhe o espírito, seria mais dado aos cartoons.

relativamente à questão da hipocrisia de alguns... tens toda a razão.

e Bocage continua vivo, nas palavras e nas ideias que da cabecinha dele sairam

Cláudia Dantas disse...

Que saudades eu tenho desses aconchegos... :)

QJ disse...

Olá Cláudia, espero que aqui te sintas aconchegada pelo menos nas palavras

carpe vitam! disse...

ahahaha Bocage realizador de filmes porno! Eu acho que se ele vivesse hoje em dia era mais do género de protagonizar uns belos filmes porno caseiros! e sim, há poesia na pornografia! ;)

Blogues Eróticos disse...

Oi, temos um selo de "Blogue Recomendado" para pores aqui no teu cantinho... Estamos também a pedir aos blogues que referimos para nos linkarem... Pode ser?
Mais uma vez parabéns pelo blogue e continuação de boas postagens.

ela disse...

Tesudo, o Bocage.
nhammmmm
(;

carpe vitam! disse...

ó tu dos blogues, brigadinha pela recomendação, juntaremos esse à nossa bela colecção de mimos que tão simpaticamente nos vão enviando e como poderás verificar, o link já cá está, serve também para mantermos uma listagem actualizada do que vai aparecendo de novo. gracias!

ela, estou de acordo, pelo menos ao nível intelectual, ele é um tesudaço! ;)

DESIRE disse...

E que bom é ser provado e saber provocar ;))9
Beijos prometidos

Anónimo disse...

"à coisas que nunca mudam"
Então não há???

carpe vitam! disse...

Olha QJ, temos um corrector ortográfico anónimo, esqueceste-te do H!

Caro(a) anónimo(o), fica à vontade para corrigir mais erros nós esforçamo-nos por respeitar a língua, gracias!

Pedro Bom disse...

Eu nem sabia... e era fã do Bocage ;)