sábado, 15 de dezembro de 2007

Provoca-me!!!

Provoca-me, como nunca me provocaste

Entrega-te aos prazeres, e provoca-me,

Excita-me, deixa-me sentir o teu desejo,

Provoca-me!!!

Entrega-me o teu corpo,

E eu dou-te o meu coração!

Provoca-me!!!

Beija-me o corpo,

Entrego-me a ti!

Provoca-me!!!

As excitações estão ao rubro,

Orgasmos ameaçadores aparecem,

Parecem trovões numa noite de tempestade!

Provoca-me!!!

Vimo-nos em provocações,

Explodimos em prazer!

Vem, e provoca-me!!!

17 comentários:

Anónimo disse...

"entrega-me o teu corpo
e eu dou-te o meu coração"

Q
J

isso é mau negócio...
abnegação?

QJ disse...

Caro Anónimo, talvez, mas essa entrega é feita a quem se tem total confiança, não a qualquer um

QJ disse...

Bom fim de semana

carpe vitam! disse...

"orgasmos ameaçadores"? Só se for como mesmo como a trovoada! (mas a durar mais tempo que um raio, ok?)

anónimo/a não se trata de um negócio, é uma dádiva. ele sabe que depois tem o que merece.

Até logo ;-)

Men in Rose disse...

tretas

Viajante pelos Sentidos disse...

Amei.
Adorei!
Também escrevi algo sob o mesmo título... (pura coincidência!)

Beijinho viajante...

Angel disse...

Olá..provocaram-me e eu vim! Gostei.. vou voltar. Remeber me...

Ant disse...

Isto é uma casa de depravados é o que é!!
Lá embaixo aquela porcaria. Aqui é o que é.

Estes gajos são lixados pá...

;))

Com os melhores cumprimentos...

Abraço

anjo indecente disse...

adorei ...
personalidade e rítimo
bj

cereja disse...

provocar-te-ia de todas as maneiras que conheço, começando agora com as palavras mesmo sabendo que delas provavelmente não passo
um claustro vazio, imagino que chegas depois das escadas em espiral que subo, deixo para trás a sombra,o som dos meus passos na pedra e o meu cheiro que te guia até à torre
tocaria todos os sinos se me tocasses agora primeiro com os olhos ... peço que me dispas sem que me toques e depois me toques sem me despir já se me entreabrem os lábios e cerram os olhos que reviro a cada mão cheia de mama que agarras latejo pulso
segue-me, faz-me salivar em cada esquina, vou fugir até que me faças vir

carpe vitam! disse...

cereja, tu sabes provocar... como eu gosto!

cereja disse...

vou outra vez subir a escada da torre, vou-me tocar agora ...
levo-vos comigo, tantas mãos, tantas bocas
e ainda não quero que me toquem, quero-vos provocar

carpe vitam! disse...

sobe lá a escada, estamos contigo a sussurar-te ao ouvido e só te tocaremos quando quiseres...

QJ disse...

Cereja...

Provoca-nos!

Teremos todo o gosto em que nos provoques.

Beijos provocantes

cereja disse...

se estivessem só vocês comigo enquanto subo a escada!...

QJ disse...

doce cereja, se estivermos sós contigo a subir a escada, estaremos ao teu lado, a provocar-te se assim o quiseres, a receber as tuas provocações se assim o quiseres, tocamos-te quando quiseres. Mas aquilo que queremos é tocar-te na alma e provocar-te o espírito!

PS: precisamos do teu contacto sff, manda-nos um e-mail

carpe vitam! disse...

a escada não parece, mas é bastante espaçosa, além disso, nós consegumos pairar sobre ti e todos voando escada acima!