domingo, 8 de maio de 2011

carpe somnium [3]


Faz-se noite num céu muito estrelado. O quarto crescente da Lua é uma hammock brilhante para onde voamos os dois. Sabe bem o frio da noite no corpo quente. Ele senta-se nela e começa a baloiçar. Ajoelho-me no chão do céu e paro-o por um instante, para salivar no seu menino e encaixá-lo nas minhas mamas.
Peço-lhe para continuar a baloiçar. Apetece-me embalá-lo, mas não é para o adormecer, antes para o pôr em ponto de rebuçado. Paro-o novamente e começo a explorar com a boca, para ver até onde posso ir com os dentes, onde é que tem cócegas, como prefere ser tocado.
A língua explora os arredores e penetra-o devagar, enquanto as minhas mãos rodopiam no corpo dele, sabe-se lá onde irão parar. Num gesto absolutamente felino, as minhas unhas encolhem, para não o magoar e os meus dedos esgueiram-se para dentro dele, enquanto a minha boca continua a explorar – parece estar a gostar.
Vem-se na minha boca e continuo a lambê-lo lentamente enquanto me vai explorando o corpo. Quando fica novamente em pé, salto-lhe para cima. A lua embala-nos, transformada que está na hammock brilhante, a banhar-nos com a sua luz prateada. Ele lambe e morde-me as mamas e todas as partes de corpo que consegue alcançar e assim ficamos até nos fartarmos. Descemos à terra ainda encaixados, a escorrer um no outro e aterramos nos lençóis de cetim branco a ouvir:
“so let go, jump in
oh well, whatcha waiting for
it's alright
'cause there's beauty in the breakdown
so let go, just get in

- Dlim-dlão – já sei quem é, limito-me a dizer:
- Trouxe companhia. Nem posso dizer que seja uma grande surpresa porque tu já deves suspeitar quem é.

continua aqui para a semana

8 comentários:

pink poison disse...

Eu acho que sei quem é...

carpe vitam! disse...

então diz lá, a ver se acertas... ;)

pink poison disse...

I--e--t-r

carpe vitam! disse...

não sei o que estás a tentar dizer, mas por essas letrinhas, posso já dizer-te que n é ;)

carpe vitam! disse...

lolololol, sou mesmo totó, pensei que fosse um L minúsculo, em vez de um "I" maiúsculo! Mas não, (ainda) não ;)

pink poison disse...

Então, uma amiga?

pink poison disse...

Eh pá pronto, sou eu, uma vez que não consigo adivinhar, adivinho-me... :P

carpe vitam! disse...

Adivinharmo-nos a nós próprios é muito bom! Para o final da semana, saberás a resposta ;)