quinta-feira, 5 de junho de 2008

No campo...


Ai o ar puro...
O ar do campo abre-nos o espírito, adoça o espírito e aquece a alma
Vejo-te no campo, no meio das espigas e o meu desejo irradia de loucura
Beijo-te, tocas-me, trocamos mimos, quentes, doces
Sentimos as espigas a roçarem-se nos nossos corpos despidos.
O nosso desejo aumenta, a nossa excitação aumenta
Encontramo-nos no centro do prazer, ficamos encaixados um no outro
E assim ficamos até atingir o auge…
Um sabor intenso corre pelo corpo,
Um sabor intenso de prazer…
Diria que são dois sabores,
Tão diferentes e tão próximos
Um é doce, meigo, delicado
O outro é robusto, entroncado, delicadamente áspero
Mas ambos fundem-se num só sabor que recebemos com prazer
Por fim, ofereço-te uma flor, que delicadamente guardas
Delicadamente, mas provocante,
Acendes-me o desejo!
Provoca-me!!!

10 comentários:

carpe vitam! disse...

que belo passeio campestre! muito flower power :) temos de repetir...

Pekenina disse...

O campo traz sensações indescritíveis ;)

Beijo*

doiSabores disse...

è bom existir sabores diferentes que se possam completar...Sabe bem essa doce mistura...

Beijos saborosos

MR. HEAVY disse...

o ar do campo putcha o apetite sexual!!!!!!!!!!!!!!

QJ disse...

Pois é Carpe, os passeios pelo campo podem ser bastante agradáveis, temos que repetir.

Mas com mais sabores ;-)

QJ disse...

pekenina, é bem verdade o que dizes, o campo trás sensações indescritíveis, deliciosas, revigorantes

QJ disse...

doisabores, é na mistura dos sabores que está o segredo ;-)

QJ disse...

mr. heavy, o ar do campo puxa por muita coisa, e quando estamos numa bela seara, vale mesmo a pena fechar os olhos e saborear

muito querida disse...

� que rica espiga e que rica flor...s�o para mim?

hehehehehehe...

beijinhos campestres..

naturline disse...

mo' gostou muito, da mesma maneira que o blog, obrigado muito