sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

trocas de palavras... trocas de mimos. um diálogo

Queria beijar-te intensamente, deliciar-me com o sabor dos teus lábios.

Eu sinto-o, também quero! Muito!

Enrosco-me em ti, aconchego-me no teu calor, enquanto lá fora a chuva cai.

A chuva, ai a chuva, está a trovejar, raios e coriscos!

Sinto vontade de te possuir!

Quero, quero, QUERO!

Possui-me!

Se eu pudesse, agora mesmo…

Irra! Quero lamber-te!

Tem paciência, espera…


Engole-me!

Ummmmm!

Perdi-me, no teu corpo, delicioso, quente, envolvente, excitante, perdi-me nele e por aqui quero continuar.

Não pareces nada perdido, nem precisas de mapa, já conheces bem os caminhos que te levam ao êxtase…

Humedeço de excitação!

Também eu! E aqueço, ganho rosetas nas faces…

Encontra-me para me voltar a perder em ti!

Tão bom, perder para encontrar!


Toca no meu corpo, sente nas tuas mãos o resultado do teu toque.

Eu sinto, mesmo à distância, não é preciso corpo presente, basta a ideia, a mera ideia de te ter aqui, de te saber perto, tão perto, dentro de mim!
QJ + cv!

2 comentários:

QJ disse...

sinto as palavras, sinto os mimos, sinto o dialogo... tudo sinto :-)

carpe vitam! disse...

e continuaremos...