sábado, 16 de março de 2013

swingin' (in the rain) parte 15

continuação daqui | início

Os Embaixadores tinham prometido espectáculo para aquela noite, mas a madrugada já ia adiantada e nada. Entretanto, o porteiro simpático começou a fazer um divertido strip da cintura para baixo, revelando a sua tanga preta. As meninas que o rodeavam aproveitaram para lhe dar umas palmadas no traseiro. Muito nos rimos! 
Nesta altura, éramos pouco mais de meia dúzia, a “Dona do Pedaço” serviu shots ao pessoal em copos altos. Ela tem um belo corpo, sempre muito bem apresentado em lingerie provocante, daquela que só fica bem em mulheres com corpo apropriado. Ficámos a saber que é ela o modelo que decora algumas das paredes do espaço com fotos bastante sensuais. Passado pouco tempo, os Embaixadores começaram a provocar-se mutuamente. Já há muito que andavam em roupa interior, pelo que era muito fácil chegar aos pontos de ebulição. Aproveitaram o sofá onde estava sentada a Yin, que ficou a assistir muito próxima do acontecimento. Começaram por fazer o gosto à língua, um ao outro, lambendo-se e abocanhando-se. A Musa é uma verdadeira acrobata, leve e com longos membros a envolver o Guardião, a encaixar-se nele nas mais variadas posições, e com os solavancos, acordaram uma rapariga que dormia no sofá atrás, que se levantou como se nada fosse e foi à vidinha dela. A Yin levantou-se também para poder apreciar melhor e tentou segurar o sofá, descontraidamente ajudada pelo porteiro, como se fosse a coisa mais natural do mundo e fizesse parte do trabalho dele. O casal fodente optou depois por ir terminar o servicinho nos quartos, em privado.

continua aqui

2 comentários:

Pinhal Man disse...

Parece-me apropriado... Fica bem aos "Embaixadores" do "País do Sexo" serem eles próprios devotos praticantes da arte da foda.
E destaco o profissionalismo do porteiro, claro! :)

A Yin começa a parecer-se com a "Alice no País das Maravilhas", na versão para adultos, eh eh eh

carpe vitam! disse...

país soa demasiadamente democrático, aquilo é um reino onde o sexo domina. e sim, sem dúvida que o sexo pode ser uma espécie de religião, com tudo o que isso possa ter de bom e de mau.
Também curti a atitude do porteiro, eheh.
Curioso dizeres isso da Yin, porque ela já confidenciou há algum tempo atrás que se sentia num sonho que teve uma Mary Poppins harcore. SupercalifragilisticSexpialidocious! Mas Alice também não me parece mal e País das Maravilhas é sem dúvida sugestivo... haja imaginação e a magia acontece! :D