sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Sou tão putinha, não sou?

texto por DC, originalmente publicado aqui

Mas diz-me que não gostas quando me sento em cima de ti e te faço entrar em mim de uma estocada, ao mesmo tempo que sorrio maliciosamente.
Diz-me que não gostas quando me pedes para te chupar e eu o faço como se fosse o que me dá alento para respirar.
E quando me imploras que meta um dedo dentro de mim, mergulhando num mar de fluidos, e a seguir, sem teres de pedir, o meto na boca não desviando os meus olhos dos teus.

Diz-me...

Diz-me que não te deixo doido com a minha ousadia e perversidade. Ou quando te digo coisas ordinárias, como
Fode-me!
Enterra-o bem fundo!
Lambe-me!
ou Dá-me o teu leite!.
Diz-me que não gostas quando te digo o quanto fico encharcada só de pensar em ti. E o quanto, nessas alturas, tenho vontade de me vir na tua boca.
Diz-me que não gostas de saber que me masturbo a pensar no teu pau duro a foder-me, nas tuas mãos a tocar-me, ou na tua língua a lamber-me.
Uma, outra, e outra vez... e nunca me sinto saciada.

Diz-me.

12 comentários:

Loulou de Lyon disse...

Pronto, pronto, fica lá descansada que és uma putinha. Agora vai lá brincar e deixa-te de parvoeiras.

Pedro Bom disse...

Assim é que tem que ser!! :)

Vontade de disse...

Mas quem é que não gosta? Fantástico!

Stargazer disse...

Digo-te que este texto está excelente.

De dizer "diz-me TUDO".

Digo-te que é de chorar por mais!

Beijo,

The Big One disse...

Sim mas uma putinha saudavel que muitos gostavam de ter. Que tesão...

Rei Lagarto III disse...

Digo-te majé pra teres juizinho nessa cabecita!!

Ó meu jamigos balha-me Deus...

Capitão Merda disse...

Cum catano!
Está bravo por estas bandas...

;)

Jaime Piedade Valente disse...

Aquilo é que são coisas ordinárias??!

Cadinho RoCo disse...

No universo da permissão quanto mais textualizamos, mais provocamos o nosso sentir.
Cadinho RoCo

Flor disse...

muito bem :)

DC disse...

carpe, eu não sou fina pá! ando apenas ocupada :P

e cá estou eu prontinha para responder, que deslinkes é coisa que não se quer :D

loulou, eu brinco, mas as parvoeiras são uma constante da minha vida... fazer o quê?

pedro, exacto. há que ser puta na cama senhora na rua :D

vontade... olha, não sei, mas isto há gostos para tudo!

stargazer, obrigada :)
mas nada de lágrimas, please!

the big one, será?...

rei lagarto, o mundo está perdido. é o que eu sempre digo

capitão,
bravo? e trazes um regimento contigo? ;)

jaime, cada um tem as suas, certo?

cadinho roco, mas olha que às vezes basta um olhar...

flor, obrigada

carpe vitam! disse...

Estou com o Big One, a SAÚDE é muito importante!

Ahahahahaah! és fina, és! és uma putinha fina! Ahhahahahhaha!