terça-feira, 22 de março de 2011

Aproveita a PrimaVera!

“Olhos postos na terra, tu virás
no ritmo da própria primavera,
e como as flores e os animais
abrirás as mãos de quem te espera.”

Eugénio de Andrade

Todos os anos por esta altura, chegas com o teu calor e desabrochas as flores, e os animais e as cores, num festival de beleza natural. Um perfume de esperança e renovação invade o ar e faz-me acreditar que tudo é possível. O sabor do teu calor penetra-me a pele e diz-me que já é tempo de guardar as meias e a roupa interior. Vivam as t-shirts e as sandálias! Cantas e encantas com o teu toque fresco e aveludado, escorres-me pela garganta em gole cadenciado. Expiro a inspiração que me dás e expresso-a o melhor que consigo. Tudo parece mais vivo, brilhante, vibrante! Rimas com Poesia, Cor e Alegria!

Grazzie mille Prima :)

[eu sei que já chegaste antes de ontem, mas só hoje consegui reunir todos “ingredientes” necessários para publicar isto]
 

20 comentários:

Stargazer disse...

ai o raminho...

:)

Beijo de Vera, que a prima ficou em casa com a chuva da tarde...

carpe vitam! disse...

por acaso não sabes como se chamam as flores brancas? O raminho de cima é feto e as laterais são avenca (que por acaso reparei terem potencial para erva aromática, o cheiro faz lembrar coentros, tenho de investigar se é comestível) agora as floritas não sei o que são...

chuva? não dei por chuva nenhuma, a Prima esteve por aqui o dia inteiro!

Anónimo disse...

bela homenagem à Prima...vera
agora essa da avenca ser comestível, nunca tinha ouvido :)
bjinho
Toque

amèlie e juan disse...

Era preciso agradecer às flores
Terem guardado em si,
Límpida e pura,
Aquela promessa antiga
Duma manhã futura

Sophia de Mello Breyner


ai... a prima as idéias que nos perfuma o pensamento...

carpe vitam! disse...

Toque, eu ainda não sei se é comestível, mas que tem um cheiro interessante quando o caule é cortado, lá isso tem ;)

carpe vitam! disse...

amèlie, gosto muito da poesia da Sophia, pensei nesse poema para o post, mas achei que o do eugénio tinhamais a ver com o que eu queria transmitir. Há também um muito bom da Cecília Meireles que diz assim: "Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira." :)

João(mais nada) disse...

absolutamente arrebatador.

carpe vitam! disse...

Grazzie João ;)

menina fê disse...

nossa,
fiquei encantada com o frescor do texto.



lindo.
bjsmeus

carpe vitam! disse...

é, queria uma coisa bem fresca e leve, tipo salada, que mostrasse a minha forma de sentir a PrimaVera com todos os sentidos :)

Mikecam2k disse...

Lovely and so pretty :D

ROSINHA (tilida5ever design) disse...

Gosto do Eugénio de Andrade!

ROSINHA (tilida5ever design) disse...

Por estas bandas não se pratica a depilação?Sei lá...Com laser...Com luz pulsada...Ou mesmo com cera!
Aconselho a luz pulsada!De nada...
(obs:vou ultrapassar o Otário...Pela esquerda e sem pisca)!

carpe vitam! disse...

Eu também gosto bastante da poesia dele :) Mas tu sabes que sim, faz-se depilação, mas gosta-se de variar. Se ela não tivesse pêlos, como seguraria as flores? Mas posso-te garantir que neste momento, aquele púbis está lisinho, lisinho, lisinho... ;)

carpe vitam! disse...

Grazzie Mike, you're always welcome :)

carpe vitam! disse...

a primavera
faz milagres
e regenera
vontades!

;)

ROSINHA (tilida5ever design) disse...

Folgo em saber essas coisas...

carpe vitam! disse...

gosto de te saber assim... folgada!

Mulherómem disse...

Puxa pá, que pintelheira mais mal amanha foste arranjar. Essa rapariga deve jogar futsal. Um atentado à poesia e á Primavera.

MisterCharmoso disse...

Que belas flores e quanto aos pelos é só inveja
Beijos charmosos