segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

visão

 
"O essencial é invisível para os olhos."
Antoine de Saint-Exupéry

ilustração: Cão Sarnento

6 comentários:

Anónimo disse...

Se éinvisivel para os olhos, não é essencial,óbvio
bjs
JUlio 135

carpe vitam! disse...

ó Julio, achas mesmo que o essencial tem de ser visível?

Tana disse...

Se o essencial for baseado em sentimentos raramente os vemos com os olhos...

Ninfa virgem disse...

Olá, fico contente por teres comentado. Bem, tens razão, não sou virgem no sentido de pureza(mental?), mas enfim...
Quanto ao namorado da minha amiga e eu ainda tenho de explicar a história no meu blog: ele gostava muito de mim; depois juntou-se com a minha melhor amiga(da altura) e quando eu me tinha conformado com a relação entre os dois, numa noite ele apalpa-me tudo o que é corpo meu estando a namorado a escassos metros.
Eu não o queria,eu já o tinha esquecido, mas ele activou o botão ON de tudo o que sentia por ele (que nunca foi amor, mas outra coisa para lá de explicável)

Desculpa o texto longo, mas tinha de te dar uma visão do que realmente se está a passar.

beijo

Pekenina disse...

Pois eu acho que os olhos também comem. Pode não ser o essencial, mas também ajudam. Não?

Beijo

Miriamdomar disse...

É o que se costuma dizer!
Talvez assim seja, em relação aos sentimentos!
Não se vêem mas sentem-se!
Por exemplo, a felicidade , reveste-nos de uma aurea tal que é impossível que não se veja!
Feliz Natal para todos !:)
Beijinhos
Miriam