terça-feira, 11 de março de 2008

ó VERA, quando é que chegas?

Estou cheio de saudades tuas, do teu perfume, do teu calor...

Já te anunciaste, consigo sentir que vens a caminho, chegas quase sempre por esta altura.

Mas ainda não te vejo. Onde estás afinal?



Vou ficar enroladinho como um gato à tua espera.
E quando chegares, vou dar-te as boas-vindas com um tratamento especial...


Sempre ouvi dizer que quanto mais PRIMA, mais se lhe arrima! ;-)

4 comentários:

QJ disse...

A Vera está quase a chegar, faltam só uns dias para ela chegar :D

carpe vitam! disse...

ela às vezes vem mais cedo. aguardo ansiosamente que ela chegue A QUALQUER MOMENTO! :))))))

cereja disse...

Ando para aqui a florescer há tanto tempo e a Vera ainda não chegou?
Acho que a Vera já veio ver se podia vir, é que cheira tão bem lá fora!
E as Olaias!!!!! estão a rebentar de contentamento, são um anel rosa choque espírito à nossa volta

carpe vitam! disse...

eu acho que ela anda por aí a visitar jardins, mas depois desaparece! eu quero que ela venha de vez, e se motre sem vergonhas! estes espreitares súbitos não me satisfazem. Quero sentir mais o cheiro dela, quero mais calor, se faz favor!