sexta-feira, 21 de março de 2008

provocação gratuita 8

"Apaixonar-se à primeira vista é fácil. Difícil é passar o resto da vida a olhar para a outra pessoa."


gracias Quimera :-)

20 comentários:

carpe vitam! disse...

Bem, para mim não é nada fácil apaixonar-me à primeira vista, mas aconteceu e já lá vão quase 8 anos sem eu me ter cansado de olhar para a outra pessoa...

mulher lua disse...

O que é preciso é movimento, inovação, novidades, surpresas, sair sozinho/a com os amigos de cada um, enfim, tudo o que fugir à estúpida da rotina que mata qualquer paixão, seja ela à primeira vista ou não. Até rimei! ah ah ah
Veijios

mulher lua disse...

Então fica também deste lado, kerida Carpe Vitam!, porque nunca é demais!

http://luaafricana.blogspot.com/2008/03/semente-e-terra.html

Veijios e bué da provocações!!!

Bichinho disse...

Fácil, sim...beijo fantasma.

Noivo disse...

só para quem quer:)

cereja disse...

Pois eu sempre me apaixonei à primeira vista e continuo apaixonada e quero sempre ver-lhes o rosto e já lá vão 20 anos, e mais 13 anos...

MalucaResponsavel disse...

:) bj

carpe vitam! disse...

gracias Mulher Lua, adoro as tuas contra-provocações!

Bichinho, será assim tão fácil? Entusiasmo à primeira vista, talvez, agora paixão, paixão...

Noivo: só para quem quer ou para quem pode?

cereja, já calculava que a tua resposta fosse nesse sentido. fico muito feliz por ti :-)

Olá!! disse...

Podes sentir desejo à primeira vista, até concretizá-lo e no dia seguinte bahhhhhhhhhhhh
Agora paixão/amor é diferente... dura e dura :)))) até um dia, ou não...

carpe vitam! disse...

olá!! o que dizes está bastante relacionado com a provocação gratuita 6 (http://provocame.blogspot.com/2008/03/provocao-gratuita-6.html)
mas a paixão é assim tão idêntica ao amor? é preciso conhecer o objecto da paixão para nos apaixonarmos? e dura assim tanto?

Olá!! disse...

Uma boa questão Carpe vitam…
Para mim a paixão e o amor são coisas distintas, onde a paixão tem tendência a desvanecer mais rapidamente e o amor, se bem cultivado, a durar uma eternidade…
Que queres dizer com “conhecer o objecto da paixão”? Conhecer fisicamente ou psicologicamente? É que são pontos completamente díspares. Quantas vezes nos “apaixonamos” pelo exterior de alguém sem conteúdo e vice-versa????
Quanto ao post http://provocame.blogspot.com/2008/03/provocao-gratuita-6.html, não concordo de todo que sejamos egoístas ao ponto de amar em nosso beneficio. Um amor sem retorno é morte à nascença.
Bom fim de semana
Beijossssssss

carpe vitam! disse...

sim, creio ser ponto assente que a paixão, o amor e o sexo são coisas bem distintas. a paixão é muito volátil, sim. O objecto da paixão não tem necessariamente que ser uma pessoa. Há pessoas que se apaixonam por coisas bem distintas. O que eu queria saber é se achas que é preciso conhecer a pessoa/coisa a fundo para nos apaixonarmos.
Achas que todo o amor é incondicional? Então e se houver traição? e se formos mal tratados por quem se ama? Isso não afecta o amor?

Olá!! disse...

Carpe vitam, quanto mais me bates mais gosto de ti :)))) ???? Errado.
Acredito no amor, acredito até no amor eterno, mas nunca fui "praticante" de paixões por "coisas".
O amor pode ser afectado por inúmeras coisas, até por excesso de amor... quem o define??? Eu não, só mesmo quem o sente e, no meu humilde ponto de vista, cada um o sente à sua maneira...
Se é preciso conhecer a pessoa para a amar?? sim. Se é a fundo??? Não, nunca conhecemos a fundo ninguém, nem a nós próprios... Tantas vezes nos ultrapassamos em coisas que nunca pensariamos fazer, estamos sempre a descobrir-nos e aos outros.
Beijosssssss e pára de me fazer perguntas complicadas que ando com mau feitio ;))))

carpe vitam! disse...

Gracias Olá!! eu na verdade tinha perguntado se era preciso conhecer a pessoa para ns apaixonarmos, não para amar... queres responder-me só a mais esta?... :-P

Olá!! disse...

Vou fazer uma coisa que detesto.
Como é possível apaixonarmo-nos por alguém que não conhecemos????
Podes sentir quimica, atracção chama-lhe o que quiseres, agora amor (paixão)???
O conhecer faz parte de um TODO, se o TODO não é completo e não nos completa ... xauuuuuuuuu
;)))

carpe vitam! disse...

gosto disto!
mas não estaremos a confundir paixão com amor? então nunca te apaixonaste por nenhuma actividade, por nenhum lugar, por qualquer outra coisa sem ser uma pessoa?
Nunca sentiste um entusiasmo tão forte, tão irracional que te tira a vontade de comer, de dormir, e só te apetece pensar, fruir o objecto da tua paixão?
se calhar sou eu que não regulo bem...

Olá!! disse...

Não estarás a misturar amor /paixão com obsessão???
Gosto do Alentejo, gosto de paint-ball, ski aquiatico, mas muito sinceramente a única coisa que me tira o sono é a eventualidade de um dos meus filhos adoecer…
Amo o meu marido, os meus filhos, alguns membros da minha família, os meus amigos... do resto gosto mais, ou menos, dependendo do conhecimento que tenho das pessoas ou coisas.

carpe vitam! disse...

o que transforma hábito em vício é também o que transforma paixão em obsessão. ainda assim pergunto-me se toda a paixão não é uma obsessão. Mas na minha modesta opinião, paixão não tem de estar ligada ao amor, porque para amar é preciso conhecer, já para apaixonar, basta uma sugestão...

Passionária disse...

Who believes in love at first sight never stops looking...
(Closer, Mike Leigh)

carpe vitam! disse...

Bem visto, aí está uma bela provocação :-) gracias