quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

canzana-me #6


6 comentários:

Girassol disse...

Ai... onde, onde me queres?

Ser. Como. Agua disse...

Girassol,; "Ai... onde, onde me queres?",...
Serio ?
Um pouco básico, terra a terra, e com muito pouca imaginação.
No mínimo, alguma falta de respeito, no meu entender,.. roçando o rude.
O explicito verbal tem o seu momento e local apropriado (não aqui), resultando de um percurso ate atingir o seu clímax dando lugar a oportunidade.
Alem disso quando os intervenientes estão na mesma onda, o acontecimento transcende o explicito, dispensando o mesmo.
Sem ofensa.

carpe vitam! disse...

Ahah, ó ser d'água, a foto também é bastante básica e explícita, não estava a pensar que alguém viesse fazer um comentário profundo sobre isto (se for para aplicar este adjetivo nesta situação, creio que há locais mais apropriados)... Mas isto é só a minha opinião, cada qual tem direito à sua (o mesmo não direi das vaginas, mas posso dizer dos ânus) ;)

Girassol disse...

Ser. Como. Agua,

"básico, terra a terra", concordo.
Admito que a foto não desperta um sentido criativo em mim, antes alimenta a fome com que o título me deixa, faz-me querer uma e uma só coisa.
Discordo que a minha resposta tenha sido rude, foi uma revelação sincera do pensamento em mim provocado. Fui curto, grosso, levemente agressivo e sim, explícito. Um exemplo da terceira lei de Newton.

Ser. Como. Agua disse...

Bem, a foto é explicita sem duvida, e mostra o que mostra.
Depois cada um de nos vê na foto o que o seu cérebro interpreta.
Não sou santo (de longe).
Não tenho problemas em assumir, que também eu me senti provocado, afinal sou homem. Desejar não tem mal, tal como fantasiar.
No entanto algum autocontrole é sempre necessário, para contra balançar, para haver equilibro mental. Creio que podemos e devemos entregar-nos e perder a cabeça no dito momento, mas não antes. Tudo com cabeça tronco e membros.
A terceira lei de Newton, é um lei física em relação a objectos, não é linearmente aplicável ao raciocínio, ao agir, e ao psique do homem.
Mas sim,.. uma coisa, pode provocar outra,.. não digo que não.
No entanto acho que devemos pensar na consequências das nossas acções antes de agir. Se todos reagíssemos verbal ou fisicamente por impulso a tudo e todos que nos provoca,..sem exercer contenção estávamos entregues aos bichos!
Agora;
*** SÓ PORQUE SOMOS LIVRES E PODEMOS DIZER E FAZER,.. NÃO QUER DIZER QUE DEVEMOS,.. COM TODA ESSA LIBERDADE,.. VEM GRANDE RESPONSABILIDADE,.. E A NOSSA LIBERDADE TERMINA ONDE COMEÇA A DOS OUTROS...***
Neste caso correu bem, e não ficou ofendida, mas podia ter ficado.
Respeito, contenção e paciência são conceitos tão desvalorizados hoje em dia.
Não sei, se calhar sou eu que estou errado.
Possivelmente sou eu que exerço SELF-CONTROL a mais, e perco um pouco de flexibilidade, espontaneidade e de brincalhão..

carpe vitam! disse...

São tantas as situações em que nos temos de controlar... essa é uma uma das razões pelas quais este espaço existe, onde podemos dizer o que nos passa pela cabeça sem censuras. Ninguém deve levar a mal, isto é uma espécie de carnaval!