segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

pink's photoblog

texto e imagem por Pink Poison com edição de carpe vitam!

De camisa de cetim preto, abraço-te. Sentes os mamilos duros contra ti, sentes o meu cheiro e, olhos, nos olhos, digo-te: “Tenho sede”.
Baixo-me, agarro no teu pau, grossura e tamanho ideal para uma garganta funda… O cheiro a caralho dá-me tusa! Lambo o teu pau, todo a volta, chupo apenas a cabecinha e meto esse pau quente na boca, até à garganta… E gemes… Torces-te quando ele toca na minha garganta… Adoro ter um caralho na boca!!! Engulo a tua esporra todinha, e nem a sinto… aguentas-te e conduzo-te até ao quarto, deito-me, com ar de puta, perna aberta, sorriso de fome, mamilo à mostra, esfrego o monte de vénus, despes-te e apressas-te a dar-me uns beijos molhados, onde as nossas línguas se entrelaçam… Estás com tesão, eu também, guio a tua mão à minha mama e mando-te chupá-la, e digo: “mama-me essas tetas que elas gostam”… Volto a chupar o teu pau, sabe a esporra, meto-o entre as mamas e deliras, nem é preciso apertar as mesmas… Beijo-te de uma forma selvagem, e monto-te… Gemes, ris, e sentes-te a enterrar cona adentro… Uma cona quente, apertada e molhadinha do suco que vai ser mais quando fizeres a tua puta vir-se vezes sem conta… Monto-te, a tua puta monta-te, salta em cima de ti, ou devagar só para a cabeça entrar… A cona escorre, arde, e não paro! Deito-me de costas para ti, o pau não entra todo mas a cabeça entra e vai humedecendo o meu cú…
Até que começo a fazer força contra ti, quero mais, tens uma mão na minha mama, chamas-me puta e gememos… Venho-me, ninguém está cansado, faço-te um broche, quero matar a sede, quero um pau na boca… Quero esporra, lá vai o gajo à garganta, a cabecinha… Esporras-me a boca e eu engulo e rio-me… Peço-te: não me largues as mamas, não deixes de enfiar 3 dedos na cona… De costas guio o teu caralho ao meu cú, já oleado, entras sem dor, ponho de quatro e digo: Enraba a tua cadela!” Faço força, faço a cadência, não magoas, e eu grito por mais. “isso enraba a tua puta toda!”, e tu dás-me com mais e o meu cú não tem fim, enrabas-me e eu exijo esporra no cú…
Pousaste o saco?

19 comentários:

A. disse...

Uma boa maneira de tratar mal!

carpe vitam! disse...

... ou será uma má maneira de tratar bem?

Seja como for, parece-me uma boa forma de celebrar o S. Valentim ;P

pink poison disse...

É apenas uma forma... :P

ROSINHA disse...

Gostei muito de ler o texto!
Parabéns.
Está bem assim o comentário?
Beijinhos*

pink poison disse...

Porque não haveria de estar? :)

João disse...

Bem forte o texto :)

El Matador disse...

Aí é que é.

Cristina disse...

Ok, é uma provocação.
Demasiado óbvia, para o meu gosto.

Marte

carpe vitam! disse...

Cristina Marte, permite-me então que sugira outra menos óbvia, que talvez vá mais ao encontro do teu gosto: http://provocame.blogspot.com/2009/04/quadrado.html

amèlie e juan disse...

o que faz isto é o entusiasmo! :)
*

João disse...

Imaginação ou acção?! :p

Alien David Sousa disse...

BEMMMMMMMMMM, li este post e agora vou largar a Net e ir até ali fazer umas coisitas ;)

pink poison disse...

LOL

Z disse...

Olás,

É a minha 1ª vez neste blog e não consigo ler nada... As cores utilizadas entre o fundo e o texto estão muito próximas e não consigo ler :-(

Podem usar outra cor, que deixe mais legível o texto? ;-)

carpe vitam! disse...

Olá Z, és a segunda pessoa que se queixa. Creio que isso tem que ver com as definições do monitor e as condições de luz. De qualquer das formas, clareámos um pouco o cinza para melhor leitura. Espero que assim esteja melhor ;)

João(mais nada) disse...

foda-se...

ziggy disse...

Avassalador! Brutal! Que delicia! Seria impossível não resistir a uma provocação destas... e que bom que deve ser ser-se provocado por ti! Um beijo

Von disse...

Esta foto é demais...estás a deixar-me louco de tesão...não imaginas a foda que te dava agora mesmo...
:)))

pink poison disse...

Já te disse, só depois de casarmos...