domingo, 2 de novembro de 2008

diálogos (im)prováveis III

Ela: se bem me lembro, tu disseste que tinhas um coração de manteiga há uns tempos
Ele: HAHAHAH no sentido figurado, claro.
Ela: na, eu às vezes vou lá. e tem gordura sim senhor. à volta
Ele: hahahahaha
Ela: o que é bom. porque ajuda a escorregar para o interior. E é quentinho.
Ele: eu sou todo quentinho :D algo me diz que já não estamos a falar de coração :D
Ela: sei lá. Posso estar enganada. Mas como palpita, presumi que fosse o coração.
Tu não me digas…
Ele: Pois, pois
Ela: lol
Ele: o que não faltam são coisas que palpitam!
Ela: pois, realmente há outros sítios que palpitam :$
Ele: sim...e não é preciso estar a listá-los :D
Ela: Preciso urgentemente de um mapa!
Ele: para?
Ela: ai este meu sentido de orientação… Para saber onde estou afinal, ora!
Ele: hahaha...e de momento a tua localização é um problema?
Ela: É! Quer dizer, não gosto de andar por aí perdida. E depois se não encontro o caminho para casa?
Ele: e agora andas perdida porque? não sabes o teu rumo?
Ela: eu sei o rumo, só estou um bocadinho desorientada. Caraças…
Ele: ora, então o que é que te esta a desorientar? conta-me lá
Ela: são muitas artérias, muitos vasos capilares
Ele: palpitações, pois!
Ela: e eu tento não sair das artérias, que são as vermelhas. Mas não têm tabuletas como no "era uma vez o corpo humano"
Ele: hahaha...o que eu gostava desses bonecos!
Eu: mas eu percebo quando entro numa veia, porque não palpita tanto e é mais escura. De resto, estou um bocado às escuras.
Ele: ora...basta uma ideia luminosa;) e não me parece que te faltem ideias
Ela: acho que tenho de ir para cima. É, deve ser para cima…
Ele: então, se para cima é o caminho, o que te detém?
Ela: falta de combustível
Ele: é um mal geral
Ela: estímulo
Ele: ora, há que bicicletar :D
Ela: o meu combustível é estímulo
Ele: e qual é o estimulo que te falta?
Ela: vou tentar aproveitar o oxigénio do teu sangue. Mas provavelmente se me deixar ficar quietinha, o fluxo acaba por me levar lá. afinal, o sangue todo passa por lá.
Ele: hum...andar ao sabor do vento… isso pode-te levar contra os rochedos da costa
Ela: isso é se tiveres as artérias entupidas de colesterol, pelo que vejo, não é o caso. eu é que sou uma precipitada de ideias malucas. não te vou roubar oxigénio nenhum. vou esperar que o teu sangue me leve lá. afinal de contas, o coração bombeia o sangue todo numa questão de minutos.
Ele: não me vais roubar?
Ela: na, não acho muito correcto.
Ele: e porque haverias de me roubar oxigénio? e, já agora, como o farias?
Ela: não estás a perceber? era o combustível para pôr o motor a funcionar. o oxigénio da artéria... ora, eu consigo filtrar oxigénio do sangue. qualquer célula faz isso. O oxigénio é o estímulo sanguíneo.
Ele: troca-me lá isso por miúdos.
Ela: queres coisa mais miúda que uma célula? então vamos lá. O átomo…
Ele: vamos a isso :D Mais ainda
Ela: … é uma coisinha muito pequenininha
Ele: os átomos têm núcleo :D
Ela: exacto, eu ia chegar lá a seguir
Ele: :D
Ela: o núcleo, se bem me lembro das aulas de química, tem protões
Ele: hum...isso não será mais de física? :D
Ela: ou será neutrões? Ou electrões?...
Ele: olha lá... já que falamos de neutrões... e como anda a tua vida sexual?

17 comentários:

Pekenina disse...

Acho que tal diálogo não me passaria pela cabeça... E ela, respondeu?

carpe vitam! disse...

sim, respondeu, mas isso, já é outro diálogo...

tugga disse...

As coisas que o MSn nos faz escrever....

ONDINHAS disse...

eheh! fiquei desorientada e perdi-me!

carpe vitam! disse...

tugga, não é o MSN, é mesmo a loucura.


ondinhas, às vezes uma desorientaçãzita sabe bem, não?

O Fantasma e o Anjo disse...

Eheheh
beijo e abraço

Rita Brito disse...

Adorei, muito bom!
Eu tinha um amigo que as nossas conversas eram indecifraveis ate por nós! :P

Stranger disse...

então começou na culinaria pra acabar na fisico-quimica...parece-me..

doiSabores disse...

Diálogo interessante e perfeitamente compreensível...

*mafinha ^^* disse...

eu sei q nao e' bem praqi chamado o assunto, mas.... Chocolate, pra tosse???

essa eu nao sabia, mas amanha testo a teoria e dpois pronuncio-me 'a cerca dos resultados. ;D

*

carpe vitam! disse...

rita, o diálogo é improvável, mas não é assim tão indecifrável...

stranger, existe muita física e muita química na culinária!

mafinha, o chocolate é remédio para quase tudo...

Verdinha disse...

acho que ele queria ia para a vida sexual dela desde o inicio, ou entao sou eu que sou pervertida. looool

carpe vitam! disse...

...ou talvez tenha sido apenas uma boa forma de mudar de assunto, ou talvez o assunto tenha sido sempre esse...

Quimera disse...

Acho que o assunto foi sempre esse... Mas depois de tanta conversa da treta a frontalidade da pergunta não deixa de ser curiosa...

carpe vitam! disse...

pois, mas eu acho piada à conversa da treta, é uma espécie de preliminar intelectual.

Desnudo Para Siempre disse...

great blog!

QJ disse...

Bem, depois de uma aula de ciências... fiquei perdido algures entre as veias e as células... mas pronto

A minha vida sexual, vai muito bem obrigado ;-)