sexta-feira, 4 de abril de 2008

provocação gratuita 10

"Para curar um amor Platónico, nada melhor do que uma queca Homérica."

autor desconhecido

9 comentários:

carpe vitam! disse...

... de preferência com o amor platónico! ou não?...

O Sussurrar do Corpo disse...

Bem, será?!
Beijo.

carpe vitam! disse...

pois, não sei, nunca curei nenhum amor platónico com uma queca homérica, por isso é que pensei que seria uma boa provocação. certamente haverá quem não tenha dúvidas. ficarei a aguardar mais opiniões.
será que um amor platónico é doença que precise de ser curada?

muito querida disse...

concordo absolutamente

mas a queca tem que ser com o amor platónico...
é garantido, ficamos absolutamente desiludidas. Tipo: então foi por isto que eu andei a suspirar tanto tempo?

(suspiro)

carpe vitam! disse...

mas assim não é uma queca homérica! será impossível um amor platónico ser uma queca homérica?

Quimera disse...

Nada melhor que algo tão real para nos despertar de uma ilusão. Não faz esquecer o amor mas faz-nos relativizar a ideia que temos do mesmo. Depois o tempo encarrega-se do resto!

bjsssss

atp disse...

uma pérola...;)

luafeiticeira disse...

Não concordo, pois amor platónico, se é que existe, pode ser curado com uma queca qualquer e aí passa a carnal, não tem de ser homérica.
beijos

carpe vitam! disse...

ó lua, nunca sentiste nenhum amor platónico, pois não? espero pelo menos que tenhas dado muitas quecas homéricas...