segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

swingin' (in the rain) parte 13

continuação daqui | início

Claro que a Yin foi com o Guardião até à sala sado-maso e variedades. A luz estava regulada para o mínimo, mas ele não hesitou em aumentá-la, fingindo que eram um casal que não sabia que o espaço estava ocupado. É um folião, este Guardião, demasiado indiscreto na opinião da Yin. Dois casais divertiam-se na jaula. Ele fingiu-se surpreendido e seguiu, a Yin ainda ficou um pouco mais, na esquina, a ouvir e a observar. Os casais continuavam a divertir-se, completamente alheios a ela. Depois foram ao piso superior. O primeiro quarto que encontraram tinha a porta fechada, mas o Guardião abriu-a, para revelar um homem de meia idade sem roupa interior a vestir as calças. Ela dispensava de bom grado aquela visão. Pediram desculpa e continuaram. Os outros quartos não tinham portas, pelo que era fácil espreitar. Antes da visão, a audição era estimulada pelos gritos e gemidos que se ouviam. Algumas mulheres de quatro, rabos brancos reluzentes na escuridão.

Voltaram ao lounge e contaram o que viram. Dali a pouco, o Guardião voltou a dizer que estavam a usar a cadeira na sala das variedades. A menina do outro casal ficou curiosa e a Yin perguntou se ela queria ir com ela ver e ela aceitou com todo o prazer. Deram as mãos e lá foram descobrir a sala e o resto dos quartos. Afinal a cadeira estava apenas a servir de apoio. Muita canzana se pratica naquela casa... para gáudio da Yin.
continua aqui

3 comentários:

Pinhal Man disse...

Hummm...
Estou a ficar com apetite para mais... ;)

Continua, continua... :)

Pedro Ferreira disse...

Hum...canzana tradicional ou anal? :) Agora sim, a coisa está a aquecer.

Provoca-me disse...

Pinhal, sei que isto tem sido escasso, mas mais "iguarias" se seguirão. Esperamos que de alguma forma, dê para ir saciando a fome...

"tradicional ou anal?" Anal, claro! Ahahahahaah, ó Pedro, tu achas que com o barulho das luzes, eles conseguiam saber em que buraco é que os outros se estavam a divertir? de qualquer das formas, gosto de pensar que era anal. Por nenhuma razão especial, só porque me apetece, ahahahaah :)