quinta-feira, 7 de julho de 2011

diálogos (im)prováveis XV

Ele: Tenho estado a pensar… não sei se é boa ideia casar com a S.
Ela: Casar ou viver com ela?
Ele: Tudo… não tenho certezas.
Ela: Não sejas totó, vocês foram feitos um para o outro.
Ele: Então explica-me o que estamos aqui a fazer?
Ela: Foder, sexo do bom. Não confundas as coisas, puto. Lá por as nossas peles se darem extremamente bem, não significa que vamos passar o resto da vida juntos. Não troco o meu marido nem descuro os meus filhos para estar contigo. Enquanto aceitares isso, está tudo bem. Enquanto durar, há que aproveitar.
Ele: Tudo bem, mas… tenho dúvidas.
Ela: É saudável questionares-te. Mas olha bem para ti: tens uma carreira brilhante à tua frente, és um pedaço de carne muito interessante, podes ter as miúdas que quiseres, mas continuo a achar que a S tem tudo o que tu precisas.
Ele: O que eu preciso é diferente do que eu quero…
Ela: Deixa-te de merdas e fode. Verás que tudo fica mais claro depois de uma bela foda.

8 comentários:

Tana disse...

Ou ele gosta realmente dela, ou tem medo que ,independentemente de ser ela ou de outra que venha, não gosta o suficiente da futura mulher. Hum...

M. disse...

A vontade nem sempre coincide com o desejo...

Depois vê-se...lol

Gemini disse...

LOL
Eu acho que Ela o induz em erro: para o homem, as coisas parecem mais simples ANTES da foda! Especialmente nestas circunstâncias.

carpe vitam! disse...

Pois Tana, não sei...

M, grandes discussões já tivemos aqui sobre vontade e desejo... deixo o link para quem quiser visitar: http://provocame.blogspot.com/2010/05/provocacao-gratuita-66.html

Parecem mais simples antes? Não sei, a mim sempre me deu uma certa clareza e paz de espírito... suponho que dependa muito das pessoas e das circunstâncias.

Lyn disse...

Já não me sinto tão mal depois de ler isto e ter estado na mesma situação que tu.
Carpe Diem mesmo.


**

carpe vitam! disse...

isto não foi escrito para desconfortar ou para redimir. falando verdade, nem sei muito bem por que é que isto foi escrito. mas já agora, lyn, em que posição estavas tu, na dela ou na dele?

Sentimento de Mim disse...

Sim, depois de uma bela foda ganha-se clarividência.

carpe vitam! disse...

Ora bem!