sexta-feira, 26 de novembro de 2010

* Dança XVI: tango a três!




Porque Tango nunca é demais... aqui está ele reinventado, mas mantendo a sua essência.
Baseado numa história real (e com o Banderas como actor principal) o filme é inspirador, faz uma excelente fusão das tradicionais danças de salão com ritmos e sons contemporâneos e esta cena é por demais original, surpreendente, provocante!

Gracias Nina! ;)

9 comentários:

Maria disse...

"A dança: uma expressão perpendicular de um desejo horizontal "

Bernard Shaw

Nem sempre...nem nunca :)
Beijo

carpe vitam! disse...

É às vezes. Mas como já te tinha dito, outras vezes pode muito bem ser uma expressão horizontal de um desejo perfeitamente vertical!
;)

bem-vinda!
beijo

Pekenina disse...

Lindo (e mais não digo que já sei que me bates) ;)

Beijo

carpe vitam! disse...

LoL! Quem te bate Pekenina, diz lá?

ST disse...

Obrigado por deixares este link no meu blog. um beijinho virtual

carpe vitam! disse...

you're welcome. espero que sirva de inspiração ;)

ROSINHA disse...

Gosto de tango...

ROSINHA disse...

...A dois!

carpe vitam! disse...

Rosinha, quantos mais, bem coordenados, mais gostoso o tango pode ficar!;)