terça-feira, 21 de setembro de 2010

provocação gratuita 70

 

“Os homens casados são sempre os mais cobardes.”

by Natacha in Farewell

33 comentários:

Otário disse...

agora fiquei curioso e vou perguntar porquê.






Porquê?

Pekenina disse...

Otário: Como não fui eu a fazer a afirmação não te sei responder... Mas podes sempre pensar no assunto e dizer-nos se chegaste a alguma conclusão :)

Kapikua disse...

descobrem a careca a um gajo num instante, dass!!!! :)

Pekenina disse...

Kapicua: Ahahaha isso quer dizer que na tua opinião ela tem razão... Sabes explicar o porquê? O Otário gostava de saber e já agora eu também :))

carpe vitam! disse...

não vi o filme, mas como me disseste que ela faz esse comentário a propósito de ele não deixar a mulher e o filho como lhe tinha prometido, eu disse que são os que têm mais a perder, principalmente quando há filhos pelo meio. Mas não me parece que no caso das mulheres o caso seja muito diferente, apesar de serem elas a ficar com os filhos.
muitas pessoas olham para o casamento como um objectivo de vida, ter alguém, quase como uma propriedade, para ser só sua, só para não ser de mais ninguém. depois percebem que cumprir a sua parte do compromisso é bem mais difícil. enfim, isto dá pano para mangas.

Anónimo disse...

O pensamento é o que é e vale o que vale, tal como o meu:
" os homens casados são sempre os mais... casados!!! "

Anónimo disse...

O pensamento é o que é e vale o que vale, tal como o meu:
" os homens casados são sempre os mais... casados!!! "

Vontade de disse...

E os mais sacanas.

Kapikua disse...

Sei lá porquê...
acho que se explica com uma transformação hormonal, assim que se assinam os papéis no Registo Civil...
Ao que parece o neurónio covarde celibatário é inofensivo mas, assim que oficializa a comunhão com o neurónio hiperactivo feminino, sofre uma reacção endoenergética que o faz activar e consequentemente originar o famoso SCC (síndrome de covardia dos casados), hoje aqui abordado...

beijo grande

menina fê disse...

natural da espécie! rsrs

dermatologistested disse...

hummmm,afirmação que dá que pensar... a cobardia (para mim...) tem a ver com caracteristicas de personalidade.... provavelmente aplica-se a casados e solteiros ou entremeados (entre um casamento ou companhia mais assidua...) notar-se-á mais nos casados, mas não quer dizer que "solteiros" também não sejam cobardes... e... aplica-se aos dois géneros...

Anónimo disse...

acho que a cobardia só está relacionada com os "casados" que não assumem o que querem, ou que assumem complexadamente
Toque

Pekenina disse...

carpe vitam!: O teu último parágrafo diz muito, mas deixo-te uma pergunta: o que há a perder num divórcio/separação? O conforto de um hábito? Uma relação a que se está habituado(a) que assim seja? Não querer largar "a propriedade", mas ao mesmo tempo querer outras coisas que não a incluam? (à propriedade, seja homem ou mulher). Os filhos não perdem com isso, se as coisas forem feitas decentemente (digo eu que estou de fora). Para pensar :)))))

Beijinho

Pekenina disse...

Anónimo(a): Aplica-se o mesmo aos solteiros?

Pekenina disse...

Vontade de: Isso não é necessariamente mau... Ahahahaha ;)

Pekenina disse...

Kapicua: eu não encontraria explicação mais... cientificamente plausível! :)

Beijo

Pekenina disse...

Meninca fê: espécie "homem" ou "Homem" ou ainda espécie "homem casado"? :)

Pekenina disse...

dermatologistested: como sabes sou a favor da igualdade de direitos e deveres. Curioso que ela (Natasha) não diz que os homens casados são cobardes, mas sim "os mais cobardes". Isto quer dizer, assumo eu, que também acha que os solteiros o sejam :) (falta saber o que acha das mulheres, poissssss)

Beijo sem medo

Pekenina disse...

Toque: acredito no que dizes, sim. Talvez por medo, hábito, vergonha, complexos ou outra coisa qualquer (depende sempre do contexto em que se está, claro). Não invalida, (opinião minha) que o Homem, per si, não seja todo ele cobarde ;)

carpe vitam! disse...

pois, tal como era de prever, muito pano para mangas. E na página do facebook a discussão também está acesa...

dermatologistested disse...

ui... não deixas escapar nada (ahahah) reformulo... "os mais cobardes" existirão equitativamente na classe casado , solteiro e em algumas mulheres e aqui... na questão de género talvez as razões de fundo se prendam com outros factores.
beijo de mulher

Pekenina disse...

carpe vitam: Já fui espreitar a página. Pena que quando se fala em cobardia apenas se pensa no trair e não contar. Não haverá muito mais forma de se ser cobarde? :)

Pekenina disse...

dermatologistested: tenho um terrível sentido apurado que se fixa nos detalhes... (o diabo...). ;)
Chegámos a um dos (sim, porque há muitos!) cernes da questão: o manifestar da cobardia de um homem solteiro pode ou não ser o mesmo que o de um casado porque os contextos são claramente díspares. Quanto às mulheres... Uiiiii... Não sei se a cobardia aqui não terá um outro nome :) (divagares meus...)

Beijo (com pés de lã)

dermatologistested disse...

os detalhes fazem o todo,
afirmo-o convicta :)
cobarde é cobarde, independentemente da situação ou estado civil.(hoje estou pouco tolerante...)

beijo ("di" vagar) :))

Pekenina disse...

Tolerância 0... Estou a ver que "és cá das minhas!" ;)

beijo (sem pressas) :)))

Alien David Sousa disse...

Não concordo e pronto! ;)

Saudações alienígenas

Anónimo disse...

Acho que perante tal afirmação não há comentário possível visto que é so e tão somente 1 ponto de vista de varias situações.


Ass: fbm

TaViTa disse...

Isso foi um estudo teu, ou retiraste a citação de algum covarde?

Só hoje tive tempo para vir espreitar o teu blogue... Deu-me vontade de rir esta frase. Vamos lá então conhecer melhor o teu blog... E obrigado por visitares o meu... ;)

Pekenina disse...

Alien: Mais nada :)

Beijos

Pekenina disse...

fbm: é complexo, sim... Envolve mais pessoas do que apenas a que afirma tal frase...

Pekenina disse...

TaViTa: Como se pode ver no post a frase foi retirada de um filme.
Passa por cá sempre que te apetecer :)

Beijo

amèlie e juan disse...

pessoalmente, acho que se tornam comodistas! cobardes ou se é o é desde sempre ou não se começa a ser... sei lá! mas comodistas são de certeza!

ROSINHA disse...

Se calhar é por serem casados...