quinta-feira, 16 de setembro de 2010

pequenos prazeres II - a menina da fruta e o rapaz das encomendas


A menina da Fruta
“Limão com Açúcar” é a frutaria mesmo aqui ao lado, ao atravessar da rua. Já se chamou outras coisas, já teve outras gerências, nada parecia durar naquele espaço de renda elevada por muito tempo, até que eles chegaram e têm-se aguentado. É uma empresa familiar, pai reformado, mãe dona de casa e filha, típica loja de bairro num espaço recente, bem arejado e arranjado, com paredes pintadas de branco e amarelo e uns girassóis de papel a decorar.
Respira-se simpatia naquela frutaria, bem como os aromas da fruta da época, misturados, às cinco da tarde, com o cheirinho do pão com chouriço e dos croissants acabadinhos de sair do forno. Há também sopa à hora de almoço e biscoitos da confeitaria da Ajuda a toda a hora.
Mas o que me interessa mais naquela loja é a menina da fruta. Loirinha, pequena, bem feitinha, transpira simpatia por todos os poros. Está sempre a sorrir e atende-me sempre com uma calma segura sem se demorar demasiado, apenas o suficiente para poder apreciar a companhia.
Já me passou pela cabeça entregar-lhe um bilhetinho a perguntar se quer ir tomar café um dia destes, mas depois caio na realidade e livro-me a tempo do ridículo. Ela tem uma aliança no anelar esquerdo e os pais estão sempre por lá a guardá-la, por isso deixo-me ficar no meu cantinho para não arranjar sarilhos. Até porque segundo pude apurar, o pai era polícia.
Nunca trocamos muitas palavras, mas na verdade não me interessa falar muito com ela, basta-me apenas ver o seu sorriso para alegrar o meu dia.

O rapaz das encomendas
Dei com ele uma vez quando fui entregar correspondência à mais pacata estação dos CTT da cidade, logo de manhã cedo. A partir daí, esforcei-me para ir sempre à mesma hora. Nem sempre o encontro, mas quando acontece, sabe-me bem observá-lo discretamente enquanto distribui a correspondência pelos apartados e se prepara para mais um giro. Um dia bateu-me à porta e estendeu-me um embrulho de estranhas dimensões: “Bom dia, é só para entregar”. Agradeci com o maior sorriso que consegui e desejei-lhe também um bom dia. Deduzi que faz as entregas de objectos não normalizados e apeteceu-me mandar vir mais amostras de estranhos tamanhos só para ter o prazer de o ter à porta a dizer “Bom dia, é só para entregar”. Mas nunca o fiz, limito-me a passar pela estação sempre que tenho uma desculpa plausível para poder ficar a olhar para ele.
Não é que me sorria ou sequer repare em mim, é só mesmo porque gosto de olhar para ele enquanto aguardo na fila ou espero que o colega da caixa me sele as cartas todas. Não é que ele seja um ícone de beleza, é baixinho, tem uma barba rala engraçada, um olhar compenetrado, demasiado ocupado para reparar em mim, mas eu gosto mesmo de olhar para ele.
Um dia destes vi-o a passear pela cidade com uma criança pela mão e uma mulher ao lado. Uma família feliz em tempo de férias. Ainda bem.
Hoje fui lá entregar meia dúzia de cartas e uma encomenda, mas nem sinal dele ou da carrinha vermelha que conduz. Amanhã passo por lá outra vez.

7 comentários:

Pekenina disse...

Claro que fui ler o primeiro post. E lembro-me tão bem de o ter lido... Este, curiosamente, traz-me a mesma sensação: como se fosse mosca a assistir a tudo :)

Sempre bem escrito...

carpe vitam! disse...

sim, as histórias estão separadas no tempo por alguns anos, mas a essência é a mesma. Se bem que continuo a ver a menina da fruta quase todos os dias e gosto da sensação de saber que me basta atravessar a rua para poder desFRUTAr do sorriso dela :D Em contrapartida, nunca mais vi o rapaz das encomendas... :(

Mel dupla personalidade disse...

Oi! Passando para te conhecer.
Adorei teu blog! Muito bom sexy, uma delícia.
Se puder visita meu cantinho, adoro novas amizades e troca de idéias.
Gostaria de seguir mas não encontrei lugar ... como faço?
Bjs doces como mel!

*´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·` *♥ Mel Dupla Personalidade ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥

carpe vitam! disse...

olá Mel, na verdade somos vários autores e muitos convidados, mas agradeço por todos as tuas palavras simpáticas. Podes seguir-nos através do Facebook ou no painel da tua conta blogger, adicionando-nos à tua lista de leitura.

bj com muita personalidade!

SrtA. L. disse...

Sua visita (Imperator) me provocou... rsrs

Gostei daqui, volto para ser novamente provocada...

Beijos provocantes,

;)

ROSINHA disse...

Falar em fruta lembra-me o Pinto da Costa...

carpe vitam! disse...

lol, então porquê?