terça-feira, 7 de abril de 2009

Caralho potente


Porri-potente herói, que uma cadeira
Susténs na ponta do caralho teso,
Pondo-lhe em riba mais por contrapeso
A capa de baetão da alcoviteira:

Teu casso é como o ramo da palmeira,
Que mais se eleva, quando tem mais peso;
Se o não conservas açaimado e preso,
É capaz de foder Lisboa inteira!

Que forças tens no hórrido marsapo,
Que assentando a disforme cachamorra
Deixa conos e cus feitos num trapo!

Quem ao ver-te o tesão há não discorra
Que tu não podes ser senão Priapo,
Ou que tens um guindaste em vez de porra?

Autor: José Maria Barbosa du Bocage

13 comentários:

Tana disse...

AHAHAHAAH...
bELISSIMO!!!
Como sempre Bocage, no seu melhor!!
Amei amei amei :)

beijos grandes* :)

Alien David Sousa disse...

LoooooooooooooL

Isto é lindo!

Saudações alienígenas

NM disse...

E aparecia este gajo (só) nas notas de 100$00.
NM

ela disse...

rsss
(guindaste em vez de porra... delicioso)
(;

QJ disse...

Olá Tana

beijos para ti também, Bocage por cá andará sempre ;-)

QJ disse...

Olá Alien

ainda bem que gostas,

volta sempre

QJ disse...

Olá NM,

ele merecia estar nas notas de 10 000 e agora nas notas de 500

QJ disse...

Olá ela

haverá mais de Bocage a ser publicado por estas bandas

volta sempre

Ondinhas disse...

eheh! seria movido a energia eolica?...Ai Bocage...Bocage!

DESIRE disse...

Bocage no seu melhor!
Beijos prometidos

Miriamdomar disse...

LOL;)))
Eu sabia que o José Maria du Bocage ,era provocador!Mas desconhecia até que ponto ia , a sua mestria, na bela arte de provocar!

Cláudia Dantas disse...

Tenho que investigar mais sobre esse poeta português...
Provocantes como sempre! :)

Å®t Øf £övë disse...

Bocage ao seu melhor estilo...

:)