terça-feira, 13 de janeiro de 2009

diálogos (im)prováveis VII

estão os dois juntinhos a assistir ao episódio quando se passa esta cena:

video

Dexter, série 3, episódio 8 "The damage a man can do"

Ela [depois de uma bela gargalhada] : Olha bem para mim, tu sabes que estou a falar muito a sério quando peço que não te passe pela cabeça arranjar um cachucho para me oferecer, ouviste? Não estamos nos States e eu dispenso perfeitamente esse tipo de clichés, ok?
Ele: Ok...

14 comentários:

QJ disse...

realmente...

mas o melhor é mesmo não contrariar-las...

carpe vitam! disse...

ah pois é, bebé! ;)

Rei Lagarto III disse...

De facto é um bocado pindérico. Ainda se fosse um robalo...

Portem-se bem... ;)

carpe vitam! disse...

é, um robalinho assado no forno, ohoh!

Pekenina disse...

Ahahaha lindo... "Size matters"...
Um anel pode dizer tudo... e pode não dizer absolutamente nada... Eu prefiro olhar nos olhos :) (pode ser durante um jantar com robalo assado no forno ;))

David disse...

A ser verdade que "Size matters" e uma vez que têm uma relação inversamente proporcional, o não querer uma "cachucho" diz tudo !!!

carpe vitam! disse...

...então a questão das alianças a marcar a posse...

david, é óbvio que o tamanho importa, mas creio que existem outras características mais importantes, como os "quilates" ;)

Netbad disse...

Claro que o tamanho importa... mas amigas... depois do casamento é sempre a descer!!!!

PreDatado disse...

Palavra que se uma gaja me disse o que disseste a ele eu teria repondido, Obrigadinho.

carpe vitam! disse...

Netbad, queres explicar melhor essa tua teoria?

PreDatado, fica registado :)

Netbad disse...

o nível pá!!! 1º o cachucho pra leva-las pra cama e depois... se forem boas repete-se a dose, se forem más elas que fiquem com o cachucho.

carpe vitam! disse...

Mas ó Netbad, há gajas que não valem um cachucho!

Netbad disse...

E há cachuchos que não valem uma gaja!!!!

carpe vitam! disse...

ora nem mais!